terça-feira, 3 de abril de 2012

As regras agora são estas.

Ao fim de um ano e tal voltei a sair á noite, pois é precisava mesmo de espairecer, sair, ver pessoas novas e principalmente ouvir música e divertir-me e como tal foi o que aconteceu.


Então agora as regras cá por casa são estas, o marido ás quartas (sem exepção) vai dar uns toques na bola com os amigos e aqui a menina ás sextas (quando apetecer) vai dar uma saidinha.


Fez-me mesmo bem sair, cheguei cheia de bolhas nos pés e toda partida parecia que tinha levado uma tareia, dancei até não poder mais, fui mais a mana e adorei.
Antes de sair deitei a cria e o papá é um sortudo porque a única coisa que fez foi DORMIR pois o filhote já não acorda de noite e mesmo que acordasse era só dar-lhe um leitinho.


Tal como a mãe o pai tem o mesmo direito de ficar com o filho mas acreditam que ainda há quem diga:


"Isso é função das mães"??
"Com um filho tão pequeno não devias sair, que isso não é de boa mãe"?
"Eu desde que fui mãe nunca mais saí" (olha que pena)


Então mas qual é a parte em que um filho é de responsabilidade igual tanto para o pai como para a mãe que certas pessoas não percebem?


Lá porque sou mãe devo anular-me como mulher, ou melhor como ser humano? Devo deixar de existir e viver fechada em casa com o meu filho até ele ir para a faculdade?


É por sair e deixar o filho com o pai, sim, não é com o vizinho do lado nem com a amiga da prima da tia, que o amo menos?


Por amor de Deus, em que século ainda vivem esta pessoas? Eu acho que existe uma pontinha de frustração por parte de quem assim pensa mas isso é só a minha opinião obviamente que não deve fugir muito á verdade. 


Acham isso normal?


 Eu tenho de aturar cada coisa que só visto....


Já agora só um desabafo, anda por ai muita criança com mania que já é adulta e depois pimbas saem pérolas deste género da boca para fora.


Admito todo o tipo de opiniões, só não admito que me julguem e façam juízos de valor que não correspondem á realidade.

3 comentários:

  1. Pois eu continuo a sair. É certo que não acontece tantas vezes como antes da M nascer. E só não acontece mais porque como o J não está cá tenho que pedir aos meus pais para ficarem com ela.
    Fazes muito bem laurear a pevide!!! hehehehe

    ResponderExcluir
  2. Concordo tudoo e tu sabes amiga :D

    ResponderExcluir
  3. Fazes muito bem amiga! Se tens esta possibilidade, agarra-te a ela e toca a aproveitar!

    ResponderExcluir